Saudades é o que me resta (Irineu da Costa)

Saudades é o que me resta (Irineu da Costa)
“Eu encontro a paz no presente, pois no passado me lembro das pessoas que são os meus familiares.
Gostaria muito de reencontrá-los, sinto saudades; porém, entendo que é difícil, guardo as lembranças dentro de mim.
No passado eu era uma criança e hoje sou uma pessoa melhor; tive que aprender muita coisa durante esses anos, uma delas aprender a conviver com a minha deficiência e outra a não ter maldade no coração, pois não nos leva a lugar nenhum.
Hoje tenho mais consciência das coisas que ocorre comigo e com os outros, por isso me tornei uma pessoa melhor.
Posso escolher o que quero e o que não quero.
Aprendi a respeitar a vida e as pessoas; aprendi a ouvir, a ter espaço para falar o que sinto sem magoar ninguém.Aprendi a dar oportunidade para as outras pessoas, inclusive meus amigos.
Aqui onde vivo, todos me ouvem com paciência e me ensinam a ouvir. Vivemos como uma grande família, onde temos que aprender a dividir e respeitar o espaço do outro. Há sempre uma troca e acho isso importante.
Agradeço a Deus por estar aqui dentro, pois não sei se suportaria o mundo lá fora. As pessoas fora daqui tem medo de nós, deficientes.
Sou feliz aqui a cada dia e procuro sempre dar o melhor de mim.
Um dia desses fiquei acordado, olhando a lua. Estava tão linda.
Fiquei imaginando como a natureza é perfeita e as pessoas que tem mais oportunidades que eu, não olham a vida.
Reclamam e se queixam de tudo; esquecem que tanta gente com dificuldades piores.
Devemos amar o próximo, pois não sabemos do dia de amanhã.
Deus abençoe a todos!”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s