Pedido de um cão a seu dono


Trate-me com carinho, amado dono,
jamais deixe que eu sinta o abandono
que a muitos outros cães tanto doeu.
Tomo conta da casa e quero obter
toda a sua atenção; não há, vai ver,
coração mais agradecido do que o meu.

À sua voz, a minha cauda sacoleja,
é doce música do meu mundo; fareja
o meu nariz, entre mil cheiros os seus passos.
Compreensão e paciência ao educar-me,
resultam bem melhor do que espancar-me;
lamber as suas mãos… um dos meus traços.

Se o tempo estiver frio e chuvoso,
deixe-me estar dentro de casa, sou guloso
da sua companhia; e deitar-me
aos seus pés, a minha coroa de glória.
Uma vasilha de água fresca, na memória
reserve, por favor, pra consolar-me.

Meu dono! Quando eu estiver velhinho,
se o TODO PODEROSO, do caminho,
me retirar a saúde e a visão,
não me vire as costas, dono, por favor!
Recorde a minha vida, o meu amor
por si, e a minha dedicação.

(Autor Desconhecido)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s