7 Minutes with Emmanuel (Portal Ser)

Source: Portal Ser http://www.portalser.org/category/english/

All rights reserved to Portal Ser

Advertisements

Pensamentos positivos, negativos e cura (Correio Espírita)

Pensamentos positivos, negativos e cura (Correio Espírita)

Fonte: http://www.correioespirita.org.br/categoria-de-materias/artigos-diversos/1177-pensamentos-negativos-positivos-e-cura

O número de pessoas que passam o dia cultivando pensamentos negativos é altíssimo. Poucas se dão conta de que pensam de forma desequilibrada. Isso é extremamente perigoso para quem emite esse tipo de pensamento, porque depois de um certo tempo, essas emissões mentais ruinosas transformam-se em um terrível problema para o centro de origem.
    Permanecer com os pensamentos de cunho negativo por longos períodos da vida, faz multiplicar os problemas diários, tornando a vida áspera e cheia de dificuldades. O pensamento atrai condições desagradáveis, como se fosse um objeto imantado; ao contrário dos pensamentos positivos, que só atraem coisas boas, correspondendo ao que foi emitido pela mente altruística.
    A reversão do pensamento negativo para efeito de cura, realiza-se através de uma escolha consciente, fazendo uma concentração de pensamentos positivos e altruísticos visando adquirir um novo senso de paz e tranquilidade tão necessárias ás nossas vidas.
    É sumamente importante selecionar o que estamos dizendo mentalmente. Se percebermos que estamos cultivando pensamentos negativos, precisamos bloquear mentalmente esses sentimentos a fim de voltarmos ao ponto normal da vida, alimentando ideias positivas e sadias. Devemos buscar inspiração em alguma coisa de realce no campo do bem, que chame nossa atenção de um modo especial; como por exemplo: recordar uma situação que nos fez rir, ou de algum evento alegre que nos tenha deixado muito felizes.
    A vida é sempre cheia de muitas oportunidades e atrações; estas últimas nos ajudam a superar as dificuldades temporárias que surgirão durante nossa caminhada na direção da luz.

    A melhor maneira de ultrapassar os obstáculos do presente é esquecermos o que de errado fizemos na retaguarda recente ou distante, procurando sempre o lado bom das condições existente na atualidade.
    Outro detalhe importante é a caridade e a compaixão que devemos nutrir pelos nossos semelhantes, principalmente, pelos que estão enfrentando dificuldades no momento atual, angariando assim laços de simpatia e fraternidade, que nos ajudam a descobrir nossa essência divina, que, de modo geral, se acha sempre encoberta pelos nossos vícios, desejos e paixões.
    Nossos pensamentos também melhoram de qualidade quando nos entregamos ao exercício da meditação, da prece, do silêncio e do recolhimento. Dediquemos alguns minutos do nosso tempo para conversar com Deus, no íntimo da nossa alma, buscando uma harmonização ideal para o nosso corpo físico, e, principalmente para o nosso espírito.
    A prática diária da prece e do culto no lar atrai para nosso organismo físico e espiritual, energias cósmicas que descem do Alto, mas que só atingem quem se torna receptivo, cultivando bons hábitos e tendências enobrecidas afinadas com as leis divinas que regem à vida cósmica.
    A natureza não dá saltos espetaculares, e nem existem milagres ao nosso redor, que possam resolver de imediato os nossos problemas; e isso só se resolve através de muito trabalho e muita luta para os que, de alguma forma, reconhecem o poder de Deus.
    Ele, na Sua suprema sabedoria e bondade, jamais interfere no nosso livre-arbítrio esperando que cada um realize, pelo aprendizado, a escolha certa de nossos destinos, após muito tempo e muitas reencarnações.
    O pensamento contínuo é o maior instrumento já concedido ao espírito imortal, esse viajor incansável da eternidade. O homem terreno, com ele, tece paulatina e gradativamente, a túnica eletromagnética que irá vestir ao alcançar as campinas siderais do infinito de Deus. Devemos pensar diariamente que possuímos todas as qualidades para vencer em qualquer atividade, como também ser bem sucedidos em qualquer área, em qualquer empreendimento. Basta apenas empenharmos a força máxima; dando tudo de nós para alcançarmos a vitória e celebrarmos o triunfo.
    Utilizando o processo de livre-escolha, podemos aplicar nossos talentos e faculdades inatas que já carregamos em estado latente, decidindo sempre o melhor para nós, e, principalmente para os outros.
    Como ser pensante, precisamos usar a liberdade de pensamento para escolher formas diversificadas de atuação a fim de evoluirmos e assim fazendo melhorando automaticamente os nossos semelhantes.
    Necessário nos é cultivar pensamentos positivos e promissores que contribuirão para nosso sucesso pessoal, captando simpatia e laços fraternos tão necessários ao convívio dentro de qualquer sociedade moderna.
    Através do pensamento, podemos concentrar nossas forças nos afazeres diários, e também no entusiasmo e no otimismo durante a execução de qualquer tipo de trabalho.
    Adotemos o hábito de fazer com amor e alegria tudo o que passa pelas nossas mãos. Precisamos deixar marcas individuais em tudo aquilo que realizamos, exercendo as atividades com vocação. Tenhamos a certeza, que, agindo assim, as possibilidades de sucesso serão maiores, principalmente quando fazemos o que gostamos.
    A cura real das nossas enfermidades físicas e espirituais passa impreterivelmente pelos nossos pensamentos, pela nossa forma de ser e de viver. Não se apegue pois demasiadamente aos bens temporários, que passam de mão em mão, e que não podemos levar para o outro lado da vida. Procure também não invadir fronteiras alheias, proferindo palavras ou agindo de forma a atassalhar a vida de outrem.
    O importante na Terra, onde estamos vivemos um processo evolutivo difícil, é cultivar virtudes inerentes ao espírito, que em síntese, servirão de moeda corrente no mundo espiritual, após atravessarmos as águas enigmáticas do rio da morte.
    Enquanto aqui estivermos, precisamos cumprir nossa missão da melhor maneira possível, trabalhando em favor do próximo, acumulando recursos espirituais, que nos acompanharão após perdemos a vestidura carnal, enchendo o nosso coração de paz, alegria e felicidade do outro lado da vida.

Fonte: http://www.correioespirita.org.br/categoria-de-materias/artigos-diversos/1177-pensamentos-negativos-positivos-e-cura

Incompreensão (Emmanuel | Chico Xavier)

Incompreensão (Emmanuel | Chico Xavier)
“Fiz-me fraco para os fracos, para ganhar os  fracos. Fiz-me tudo
 para todos para, por todos meios, chegar a salvar
 alguns.” Paulo. (I Coríntios, 9:22.)
A incompreensão, indiscutivelmente, é assim como a treva perante a luz, entretanto, se a vocação da claridade te assinala o íntimo, prossegue combatendo as sombras, nos menores recantos de teu coração.
Não te esqueças, porém, da lei do auxílio e observa-lhe os princípios, antes da ação.
Descer para ajudar é arte divina de quantos alcançaram conscienciosamente a vida mais alta.
A luz ofuscante produz a cegueira.
Se as estrelas da sabedoria e do amor te povoam o coração, não humilhes quem passa sob o nevoeiro da ignorância e da maldade.
Gradua as manifestações de ti mesmo para que o teu socorro não se faça destrutivo.
Se a chuva alagasse indefinidamente o deserto, a pretexto de saciar-lhe a sede, e se o Sol queimasse o lago, sem medida, com a desculpa de subtrair-lhe o barro úmido, nunca teríamos clima adequado à produção de utilidades para a vida.
Não te faças demasiado superior diante dos inferiores ou excessivamente forte perante os fracos.
Das escolas não se ausentam todos os aprendizes, habilitados em massa, e sim alguns poucos cada ano.
Toda mordomia reclama noção de responsabilidade, mas exige também o sendo das proporções.
Conserva a energia construtiva do exemplo respeitável, mas não olvides que a ciência de ensinar só triunfa integralmente no orientador que sabe amparar, esperar e repetir.
Não clames, pois, contra a incompreensão, usando inquietude e desencanto, vinagre e fel.
Há méritos celestiais naquele que desce ao pântano sem contaminar-se, na tarefa de salvação e reajustamento.
O bolo da matéria densa reveste-se de lodo, quando arremessado ao poço lamacento, todavia, o raio de luz visita as entranhas do abismo e dele se retira sem alterar-se.
Que seria de nós se Jesus não houvesse apagado a própria claridade, fazendo-se a semelhança de nossa fraqueza, para que lhe testemunhássemos a missão redentora? Aprendamos com ele a descer, auxiliando sem prejuízo de nós mesmos.
E, nesse sentido, não podemos esquecer a expressiva declaração de Paulo de Tarso quando afirma que, para a vitória do bem, se fez fraco para os fracos, fazendo-se tudo para todos, a fim de, por todos os meios, chegar a erguer alguns.

Mensagem psicografada por Francisco Cândido Xavier, constante do livro Fonte Viva, de 1956, publicado pelo Federação Espírita Brasileira.

Estímulo Fraternal (Emmanuel | Chico Xavier)

Estímulo Fraternal (Emmanuel | Chico Xavier)
“O meu Deus, segundo as suas riquezas,
suprirá todas as vossas necessidades em glória,
por Cristo Jesus.”- Paulo. (Filipenses, 4:19.)
Não te julgues sozinho na luta purificadora, porque o Senhor suprirá todas as nossas necessidades.
Ergue teus olhos para o Alto e, de quando em quando, contempla a retaguarda.
Se te encontras em posição de servir, ajuda e segue.
Recorda o irmão que se demora sem recursos, no leito da indigência.
Pensa no companheiro que ouve o soluço dos filhinhos, sem possibilidades de enxugar-lhes o pranto.
Detém-te para ver o enfermo que as circunstâncias enxotaram do lar.
Pára um momento, endereçando um olhar de simpatia à criancinha sem teto.
Medita na angústia dos desequilibrados mentais, confundidos no eclipse da razão.
Reflete nos aleijados que se algemam na imobilidade dolorosa.
Pensa nos corações maternos, torturados pela escassez de pão e harmonia no santuário doméstico.
Interrompe, de vez em quando, o passo apressado, a fim de auxiliares o cego que tateia nas sombras.
É possível, então, que a tua própria dor desapareça aos teus olhos.
Se tens braços para ajudar e cabeça habilitada a refletir no bem dos semelhantes, és realmente superior a um rei que possuísse um mundo de moedas preciosas, sem coragem de amparar a ninguém.
Quando conseguires superar as tuas aflições para criares a alegria dos outros, a felicidade alheia te buscará, onde estiveres, a fim de improvisar a tua ventura.
Que a enfermidade e a tristeza nunca te impeçam a jornada.
É preferível que a morte nos surpreenda em serviço, a esperarmos por ela numa poltrona de luxo.
Acende, meu irmão, nova chama de estímulo, no centro da tua alma, e segue além…Sê o anjo da fraternidade para os que te seguem dominados de aflição, ignorância e padecimento.
Quando plantares a alegria de viver nos corações que te cercam, em breve as flores e os frutos de tua sementeira te enriquecerão o caminho.
Autor: Emmanuel
Psicografia de Francisco Cândido Xavier. Livro: Fonte Viva

9 sinais de que você é uma alma antiga

9 sinais de que você é uma alma antiga

Fonte: http://thesecret.tv.br/2014/10/9-sinais-de-que-voce-e-uma-velha-alma/

Há um tipo especial de pessoa em nosso mundo que se encontra sozinha e isolada, quase desde o nascimento. Sua existência solitária não é por uma preferência ou um temperamento antisocial, ela é simplesmente da idade, velha de coração, velha na mente e velha na alma.
Essa pessoa é uma alma antiga que possui uma visão de vida muito diferente e mais amadurecida do que daquelas ao seu redor. Como resultado, a velha alma vive sua vida internamente passeando em seu próprio caminho solitário, enquanto o resto do rebanho ao seu redor segue outro caminho.
Talvez você já tenha experimentado isso em sua própria vida, ou testemunhado em outra pessoa? Se assim for, este artigo é dedicado a você, na esperança de que o ajude a definir-se ou a compreender melhor o outro.


A velha alma
Robert Frost, Eckhart Tolle e até mesmo Nick Jonas têm sido chamados assim; talvez até mesmo você tem sido… Eu, como muitos deles, fiz esta auto descoberta após a reunião com Sol, que me contou sobre sua infância como um menino precoce e inteligente que teria amizade com os professores ao invés de alunos, apenas porque eles eram muito diferentes de si, e de como relatou sua incapacidade de encontrar interesse e conexão com as pessoas de sua idade. Descobri que sentia o mesmo que Sol. E ainda sinto.
Se você ainda não descobriu se é uma velha alma, leia alguns dos sinais reveladores abaixo:
1. Você tende a ser um solitário.
Devido ao fato de que as velhas almas são desinteressadas ​​nas atividades e interesses de pessoas de sua faixa etária, elas acham lamentável fazer amizade com pessoas que possuem dificuldades de se relacionar. Assim, as velhas almas tendem a encontrarem-se sozinhas a maior parte do tempo… as pessoas simplesmente não se relacionam com elas.
2. Você ama o conhecimento, a sabedoria e a verdade.
Sim …Isso parece um pouco grandioso e excessivamente nobre, mas a velha alma se encontra naturalmente gravitando para o lado intelectual da vida. Velhas almas entendem que o conhecimento é poder, a sabedoria é a felicidade e a verdade é a liberdade. Então por que não buscar tais coisas? Essas atividades são mais significativas para elas do que ler sobre as últimas fofocas do mais recente namorado de uma famosa qualquer, ou os últimos resultados do futebol.
3. Você é espiritualmente inclinado.
Velhas almas são mais emocionais e tendem a naturezas sensíveis e espirituais, a superar os limites do ego, a buscar a iluminação, promover o amor e a paz. Estas são suas principais atividades, pois para o uso gratificante do tempo é algo sábio.
4. Você entende a transitoriedade da vida.
Velhas almas são frequentemente atormentadas com lembranças não só da sua própria mortalidade, mas de tudo e de todos ao seu redor. Isto faz com que eles sejam cautelosos e por vezes sabiamente se retirem, buscando uma melhor maneira de viverem suas vidas.
5. Você é pensativo e introspectivo.
Velhas almas tendem a pensar muito sobre tudo. Sua capacidade de refletir e aprender com as suas ações e as ações dos outros é o seu maior mestre na vida. Uma razão pela qual as almas sentem tanto no coração é porque elas aprenderam muitas lições através de seus próprios processos de pensamentos, e possuem muito conhecimento sobre diversas situações da vida devido a sua capacidade de silêncio e de atenta observação do que se passa ao seu redor.
“Com que idade você estaria se você não soubesse quantos anos tem?”
Satchel Paige
6. Você vê o panorâmica da situação.
Raramente velhas almas se perdem em detalhes superficiais, promoções no trabalho, bustos e homenagens na TV, artificialidades em geral… Velhas almas têm a tendência de olhar para a vida a partir de uma visão panorâmica, vendo qual o caminho mais sensato e significativo para abordar a vida. Quando confrontadas com questões, velhas almas tendem a vê-las como dores temporários que apenas servem para aumentar a quantidade de alegria sentida no futuro. Consequentemente, velhas almas tendem a ser plácidas, de natureza estável, como resultado de sua abordagem à vida.
7. Você não é materialista.
Riqueza, status, fama, e a última versão do iPhone são um fardo para as velhas almas, que não veem o propósito de perseguir coisas que podem ser facilmente tiradas de seu meio. Além disso, elas possuem pouco tempo e interesse pelas coisas de curta duração na vida, pois estas trazem consigo pouco significado ou satisfação duradoura.
8. Você era uma criança estranha e socialmente mal adaptada.
Isso nem sempre é o caso, mas muitas almas apresentam sinais estranhos de maturidade em idades jovens. Muitas vezes essas crianças são rotuladas como “precoces”, “introvertidas” ou “rebeldes”, deixando de se enquadrar nos comportamentos tradicionais. Geralmente são extremamente curiosas e inteligentes, vendo a inutilidade de muitas coisas que seus professores, pais e colegas proferem, resistindo a elas de forma passiva ou agressiva. Se você pode falar com seu filho/filha como se ele/ela fosse um adulto, você provavelmente tem uma velha alma sob seus cuidados.
9. Você apenas “sente” a idade.
Antes de colocar um nome para o que eu sentia experimentei algumas sensações de ser simplesmente uma “pessoa idosa” por dentro… Os sentimentos que acompanham uma velha alma geralmente são: desconfiança mundial, cansaço mental, paciência vigilante e calma destacada. Infelizmente, muitas vezes isso pode ser percebido como indiferença e frieza, apenas um dos muitos mitos em relação a uma velha alma. Assim como algumas pessoas já de idade se descrevem como sendo “jovens de coração”, também os jovens podem se sentir “velhos no coração”.
Fonte: CiganoAzul

Fonte: http://thesecret.tv.br/2014/10/9-sinais-de-que-voce-e-uma-velha-alma/